➡️ Urbino, Patrimônio UNESCO no centro da Itália


Turismo na Itália

Urbino, Patrimônio UNESCO na Itália, é uma cidadezinha renascentista situada na província de Pesaro-Urbino, região Marche, centro do país. É também muito conhecida pela sua universidade, assim como Siena e Perugia.

Não muito visitada pelos brasileiros, e até mesmo completamente desconhecida por muitos, esta joia nada mais é do que a cidade-natal de um dos maiores artistas do Renascimento italiano: Rafael Sanzio (Raffaello Sanzio).

Urbino, Patrimônio UNESCO na Itália e cidade do Renascimento

A cidade-natal de Rafael Sanzio

Os milhões de turistas que apreciam as obras de arte do celebérrimo Rafael Sanzio talvez não conheçam ou não se interessem pela cidade-natal desse artista: Urbino.

Sim, essa Cidade do Renascimento, no centro da Itália, não faz parte da rota turística clássica, o que, por um lado, é uma grande vantagem, já que ela não tem os mesmos problemas das outras cidades mais badaladas, mas, por outro, não tem a sua beleza devidamente contemplada, principalmente por ser Patrimônio UNESCO.

Urbino, Itália, Patrimônio UNESCO no centro do país.

Panorama de Urbino. Foto: Wikipedia.

Federico da Montefeltro: mecenas de Urbino

Visitar o centro histórico é uma viagem ao passado. Graças a Federico da Montefeltro, senhor desta cidade no século XV, Urbino representa a flor da cultura humanístico-renascentista italiana.

Assim, procurando transformar a sua casa no lar das Musas, Federico contratou os melhores artistas daquela época para transformar o seu sonho em realidade: Piero della Francesca, Luciano Laurana, Leon Battista Alberti, etc. E foi justamente neste berço cultural que Bramante e Rafael começaram a dar seus primeiros passos como artistas.

Urbino, Itália, Patrimônio UNESCO no centro do país.

Pátio interno da Galeria Nacional de Marche no Palácio Ducal de Urbino. Foto: Wikipedia.

Galleria Nazionale delle Marche

O museu mais importante da cidade é a Galeria Nacional de Marche, cuja sede está situada no Palácio Ducal. Seu acervo é composto por obras de arte que vão desde o século XIV até o século XVII, porém são as obras do Renascimento italiano a ter maior destaque, como a Cidade Ideal, a Flagelação de Piero della Francesca, Profanação da Óstia de Paolo Uccello, entre outros.

O museu também tem uma parte arqueológica onde há inscrições romanas, urnas e outros objetos.

Urbino, Itália, Patrimônio UNESCO no centro do país.

Casa-natal de Rafael Sanzio.

Casa-natal de Rafael Sanzio

Outra atração imperdível na cidade é a casa-natal de Rafael Sanzio, uma estrutura de residência privada renascentista que guarda um afresco atribuído ao pintor e uma linda Anunciação pintada por seu pai, Giovanni Santi.

Se você adora museus, então pode também visitar a Gipsoteca, o Gabinete de Física, o Horto Botânico e o Museu da Incisão “Sala Leonardo Castellani”.

Urbino, Itália, Patrimônio UNESCO no centro do país.

Fontana no centro histórico.

Ateliês e a Catedral de Urbino

Urbino tem uma longa tradição de artesanato artístico, bem documentado pela sua história urbana, sobretudo a partir do Renascimento. No passado, seus artesãos foram bem famosos e, até hoje, muitos laboratórios testemunham essa criatividade urbinate.

São pequenos ateliês situados no centro histórico, assim como oficinas espalhadas pelo território, onde é possível ver de perto técnicas antigas e novas de criações, fazer cursos ou comprar objetos.

A catedral de Urbino está ao lado do Palácio Ducal. Em estilo neoclássico, ela é dedicada à Virgem Maria.

Urbino, Itália, Patrimônio UNESCO no centro do país.

Fachada da catedral.


Gostou de conhecer um pouco sobre Urbino, Patrimônio UNESCO? Então que tal incluí-lo na sua viagem à Itália? ☺

Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália


Como chegar a Urbino, Patrimônio UNESCO na Itália e cidade renascentista


De trem: Desça na estação de Pesaro e depois tome um ônibus (há uma pequena rodoviária ao lado da estação).

 De carro: Alugue seu carro pelos melhores preços com RentalCars para chegar a Urbino.

De ônibus: Há ônibus para Urbino que saem de Pesaro, Roma e Arezzo.

Para mais informações turísticas, consulte diretamente o site de Turismo de Urbino (italiano, inglês e alemão).

 Fica a dica: Nas redondezas, visite também o burgo e castelo de Gradara. Se for no verão, aproveite também para conhecer Villa Imperiale e Villa Caprile.


Serviços indicados em Urbino e arredores


Faça seu roteiro personalizado na Itália.

Aluguel de carros na Itália e em qualquer lugar do mundo com Rentalcars.

Durma em Riccione, ótima cidade-base para fazer bate-volta até Urbino.

train-icon  Passagens e passes de trem na Itália e em outros países da Europa com RailEurope.


* Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer.

Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a newsletter mensal.

Comments

  1. […] é a que foi projetada pelo arquiteto Girolamo Gengano século XVI, sob encomenda dos duques de Urbino, Francesco Maria Della Rovere e Eleonora […]

  2. […] Sanzio nasceu na cidade de Urbino, Itália central, em 1483, e morreu no ano de 1520 em Roma, com apenas trinta e sete anos de […]

  3. […] a dica: Nas redondezas, visite Urbino, Galeria Nacional de Marche e o burgo e castelo de Gradara. Aproveite também para conhecer Villa […]

  4. […] do Philadelphia College of Performing Arts, das Universidades de Pittsburgh, Oklahoma City, Parma, Urbino e San Martin de Lima, o prêmio Ville de Paris (entregue por Jacques Chirac), o People Choice Award […]

  5. […] XXIV: Pintura de Urbino no século XV. Piero della Francesca, Rafael Sanzio, […]

  6. […] Cidade de Urbino, Patrimônio UNESCO […]

  7. […] abril, o artista vai a Urbino, onde é hospedado por Giovanni Santi, pintor da corte dos Montefeltro, para combinar a realização […]

  8. […] para apreciar os seus arredores, como a República de San Marino, o centro histórico de Rimini, Urbino, o burgo de San Leo, […]

  9. […] narração artística inica na cidade de Urbino, Patrimônio Unesco no centro da Itália, passa por Florença e depois chega a Roma e Vaticano, ápice e epílogo do fulgurante percurso […]

Deixe seu comentário ☺

error: