Palácio Doria Pamphilj em Roma: Bernini, Caravaggio, Velázquez, etc.


Dicas de Roma, Vaticano e arredores / Museus

Na movimentada Via del Corso, no centro de Roma, está localizada uma das galerias de arte mais bonitas da cidade: é a Galeria Doria Pamphilj, no palácio homônimo, que guarda verdadeiros tesouros de Caravaggio, Ticiano, Rafael Sanzio, Velázquez e muitos outros artistas italianos e estrangeiros.

Ao entrar no Palácio Doria Pamphilj, temos já a vista deste lindo pátio interno com seu jardim. A bilheteria fica em frente ao pátio e, ao comprar o ingresso, você tem direito a pegar um audioguia grátis nas seguintes línguas: italiano, inglês e francês. Os audioguias ficam disponíveis até se esgotarem.

Dicas de Roma: Palácio Doria Pamphilj

Pátio interno do Palácio Doria Pamphilj em Roma.

Palácio Doria Pamphilj em Roma: Sede da Galeria Doria Pamphilj


A Galeria Doria Pamphilj (Galleria Doria Pamphilj, em italiano) é a atração principal do palácio: ela circunda todo o pátio interno com as suas lindas arcadas renascentistas, além de ter duas grandes salas adjacentes: a Sala Aldobrandini e a Sala dos Primitivos, nas quais estão a maior parte das obras-primas da coleção privada da família Doria Pamphilj.

Dicas de Roma: Galeria Doria Pamphilj

Este é um dos ambientes do museu mais fotografados 🙂

A galeria foi construída sobre o núcleo original da residência do Cardinal Fazio Santoro, em torno do início do século XVI. A sua história, ligada ao Palácio Doria Pamphilj, é envolvida em um ambiente de nobreza, política e união entre algumas das maiores famílias aristocráticas italianas: de Della Rovere aos Aldobrandini, dos Landi aos Doria Pamphilj.

 Palácio Doria Pamphilj em Roma

Um dos salões barrocos da Galeria Doria Pamphilj.

Palácio Doria Pamphilj em Roma

Corredor imenso decorado com vários quadros.

Assim como o Palácio, a Galeria Doria Pamphilj é o resultado de obras de melhoramento da sua estrutura, salas anexas e ampliações que se sucederam por bem 500 anos até chegar à aparência atual que vemos hoje, com todo o seu esplendor secular.

O Palácio Pamphilj teve a sua estrutura reorganizada durante o século XVIII e, consequentemente, passou a dispor de uma instalação de quadros e de móveis bem típicos da época barroca.

Galeria Doria Pamphilj em Roma

E mais corredor com mais obras de arte…

Descanso na fuga para o Egito - Caravaggio

“Descanso na fuga para o Egito” de Caravaggio. Foto: Palazzo Doria Pamphilj.

A coleção tem obras celebérrimas, como o ‘Retrato de Inocêncio X’ de Velázquez, o “Retrato Duplo” de Rafael Sanzio, o “Descanso na Fuga para o Egito” e a “Madalena Penitente” de Caravaggio, “Salomé” de Ticiano, “Anunciação” de Filippo Lippi, as lunetas dos Carracci, o busto-retrato que Gian Lorenzo Bernini esculpiu para o Papa Inocêncio X em ocasião do Ano Santo de 1650, e muito mais.

Considere levar umas duas horas para conseguir ver com calma todas as salas da galeria.

Lotta di putti - Guido Reni

“Lotta di putti” de Guido Reni. Foto: Palazzo Doria Pamphilj.

Annunciation,_Rome_-_Fra_Lippi

“Anunciação” de Filippo Lippi. Foto: Palazzo Doria Pamphilj.


Horário, endereço e preços dos ingressos da Galeria Doria Pamphilj em Roma


Via del Corso, 305. Perto da Praça Veneza.

 Abertura

Todos os dias, das 9 h às 19 h (última entrada às 18 h).

Fechado: 1º janeiro, Páscoa, 25 de dezembro.

 Ingressos

Inteiro: 12 euros

Reduzido: 8 euros (jovens de 6 a 26 anos, idosos acima de 65 anos membros da União Europeia.

Gratuito: Crianças até 5 anos.

 É possível pagar com cartão de crédito Visa, Mastercard e Maestro.

Audioguia: Italiano, inglês e francês (disponível até se esgotar).

 É permitido fotografar sem flash, sem tripé e sem bastão de selfie.

Para mais informações, consulte o site oficial do Palazzo Doria Pamphilj (italiano e inglês).


 Leia minhas outras dicas de Roma, Vaticano e arredores.


Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália.

Dicas de viagem e turismo em Roma e Vaticano. Serviços turísticos no Vaticano, Roma e arredores


*Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer.

Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube.
Assine a nossa newsletter mensal.

Comentários

  1. […] Escrevi uma postagem sobre a Galeria Doria Pamphilj em Roma. […]

Deixe seu comentário ☺

error: