O que ver em Ferrara: Castelo Estense e Catedral de São Jorge


Turismo na Itália
O que ver em Ferrara na Itália: Castelo de Ferrara

Castelo Estense (Castelo dos Este, no bom português ☺) ou Castelo de São Miguel, localizado no centro histórico de Ferrara, cidade Patrimônio UNESCO desde 1995.

Segunda vez que vou a Ferrara e segunda vez que visito, somente por fora, o Castelo Estense, além de ter entrado, também pela segunda vez, na Catedral de São Jorge. Apesar do pouco tempo disponivel que eu tinha, em razão do educational tour* do qual participava, só ao ver a parte externa deste castelo já vale o passeio. Quando for a Ferrara, não deixe de contemplar dois de seus símbolos monumentais: Castelo Estense e Catedral de São Jorge.

O que ver em Ferrara: Castelo e catedral

Certamente é o Castelo Estense a dominar o centro histórico de Ferrara. Construído no século XIV, sob encomenda da família d’Este, é também conhecido como Castelo de São Miguel por ter começado a ser construído, simbolicamente, no dia 29 de setembro, Dia de São Miguel, santo protetor das portas e das fortalezas urbanas.

O que ver em Ferrara na Itália: Castelo de Ferrara

Como escrevi no início do texto, mais uma vez não tive tempo disponível para visitar o interior do Castelo Estense, porém a sua imponência já impressiona os turistas que o veem por fora. Motivo para voltar, pela terceira vez, a Ferrara e visitar a parte interna do castelo.

Com o passar do tempo, de fortaleza de defesa o castelo passou a ser um palácio para a dinastia da família d’Este. Em suas origens, o castelo começou a ser edificado sobre uma antiga torre que já existia no século XIII. O edifício ganhou corredores horizontais e uma rampa de serviço que era utilizada para a passagem de animais que transportavam armas e munições.

O que ver em Ferrara: Castelo Estense

O interessante deste castelo é de ser circundado por um fossado, alimentado por um canal d’água externo. E só em pensar que este mesmo fossado foi realizado não para afastar inimigos “externos”, mas, sim, o próprio povo ferrarese…

O que ver em Ferrara na Itália: Castelo de Ferrara

Um dos portões de ingresso do Castelo Estense.

Uma curiosidade histórica a respeito da construção do castelo

O castelo de Ferrara foi construído para proteger a família d’Este da fúria do povo, o qual estava cansado de tanta miséria e da fome que o assolava.

Assim, mesmo amedrontado, Nicolò II d’Este decidiu por mandar construir um edifício tão grandioso, o qual desafiava a ira dos ferrareses.

O senhor de Ferrara não poupou esforços para dotar o seu castelo de inovações tecnológicas: pontes levadiças e máquinas de guerra que protegiam a família d’Este do seu próprio povo.

Uma volta no pátio interno, localizado no piso térreo, também consegui dar ☺ É aqui onde fica localizada a bilheteria, onde você compra o ingresso para explorar os segredos e as belezas deste castelo medieval.

O arquiteto Bartolino da Novara, responsável pela realização do castelo, conseguiu a proeza de tê-lo levantado em apenas dois anos! O edifício tem planta quadrada e quatro torres quadrangulares.

O que ver em Ferrara na Itália: Castelo de Ferrara

Pátio interno no andar térreo do castelo.


Catedral de Ferrara, dedicada a São Jorge


O que ver em Ferrara na Itália: Catedral

O segundo símbolo de Ferrara: Catedral de São Jorge. Em 1117, um terremoto danificou a antiga Catedral de São Jorge Extramuros, tragédia que contribuiu para a fundação desta outra igreja, em 1135, primeiro dedicada à Virgem Maria e depois a São Jorge.

O que ver em Ferrara na Itália: Catedral

Arte no interior da catedral ferrarese

O interior da catedral que vemos hoje foi completamente refeito pelo arquiteto Francesco Mazzarelli a partir de 1712. Vários ciclos pictóricos em gesso, quadros e estátuas de santos decoram os lindos altares desse edifício de culto.

O que ver em Ferrara na Itália: Catedral

Sua parte interna, em estilo barroco, é dividido em três naves. Niccolò Baroncelli, Domenico di Paris, Guercino e Francesco Francia são alguns dos artistas que contribuíram para o esplendor artístico desse lugar.

O que ver em Ferrara na Itália: Catedral

O altar central é decorado com um afresco que representa o Juízo Universal, realizado por Bastianino entre 1577 e 1580, obra-prima inspirada no trabalho de Michelangelo.

O que ver em Ferrara na Itália: Catedral

No tímpano da fachada externa, uma obra-prima que também representa o Juízo Universal: único exemplo iconográfico na Itália cujo autor anônimo se inspirou profundamente em escultores das grandes catedrais góticas da França.


Informações sobre o Castelo de Ferrara, Castelo Estense


Largo Castello, 1. Centro histórico de Ferrara.

Para todos os preços (crianças, descontos, família), assim como outras informações, consulte diretamente o site do Castelo Estense (italiano e inglês).

Informações sobre a Catedral de São Jorge

Piazzale San Giorgio, 29. Centro histórico de Ferrara.

 Horário

– Dias úteis: Das 7h30 às 12h e das 16h às 18h30.

– Feriados: Das 7h30 às 12h30 e das 16h às 19h30.

Entrada gratuita.


Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália



*Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer.

Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a newsletter mensal.

Comments

  1. […] duas regiões históricas: Emília, com as províncias de Piacenza, Parma, Reggio Emilia, Modena, Ferrara e uma grande parte da província de Bolonha; e a Romanha, com alguns municípios da província de […]

  2. […] viagens do artista entre Modena, Bolonha, Rimini, Ferrara e Anconca determinam a afirmação de uma cultura pierfrancescana nas obras de artistas emilianos […]

  3. […] XXII e XXIII: Pinturas de Ferrara e emilianas dos séculos XV e XVI. Ercole De Roberti, Garofalo, Dosso Dossi, Ortolonao, […]

  4. […] Leia minhas dicas de Ferrara. […]

  5. […] Leia minhas dicas de Ferrara. […]

  6. […] que a governou de 1288 a 1796. A partir de 1598, quando o Duque Cesare d’Este transferiu de Ferrara para Modena a capital do seu ducado, esta última se transformou  na “cidade estense” por […]

  7. […] Ferrara: Cidade do Renascimento e o seu Delta do Pó […]

  8. […] Bíblia apostilada por Savonarola, de 1476, conservada na Biblioteca Ariostea de Ferrara; […]

  9. […] Leia minhas dicas de Ferrara. […]

Deixe seu comentário ☺

error: