Mapa da Itália: regiões e províncias italianas


Turismo na Itália

A Itália, se comparada com o Brasil, tem dimensões bem pequenas, o que é uma vantagem para o turista porque facilita muito a sua locomoção pelo país. Em algumas horas viaja-se do sul para o centro, do centro para o norte e assim por diante.

Mapa da Itália com suas regiões

Mapa da Itália com todas as regiões. Noroeste italiano

Noroeste da Itália

O noroeste da Itália é dividido em quatro regiões: Ligúria, Lombardia, Piemonte e Vale de Aosta (Valle d’Aosta, em italiano). Abaixo, os mapas dessas quatro regiões e suas respectivas províncias.

A Ligúria tem quatro províncias: Impéria, Savona, Gênova e La Spezia.

Mapa da Itália com todas as regiões. Ligúria

Na província de Impéria está a famosa cidade de San Remo, conhecida internacionalmente pelo seu festival anual de música italiana.

A cidade de Gênova, na província homônima, é a capital da Ligúria e oferece muitas atrações para os turistas, seja na própria cidade, seja nos seus municípios.

Tive o prazer de visitar o belíssimo burgo de Portovenere, o de Portofino e a Abadia de San Fruttuoso di Capodimonte. Na província de La Spezia é onde está localizado o conjunto dos cinco vilarejos que formam Cinque Terre.

Mapa da Itália com todas as regiões. Lombardia

A Lombardia é dividida em doze províncias: Bérgamo, Brescia, Como, Cremona, Lecco, Lodi, Mântua, Milão, Monza e Brianza, Pavia, Sondrio e Varese. É a região com o maior número de províncias e de municípios na Itália.

A cidade de Milão, na província homônima, é a capital da Lombardia e é a segunda maior cidade por número de habitantes no país (Roma é a primeira).

Mapa da Itália com todas as regiões. Valle d'Aosta

A cidade de Aosta é a capital de Vale de Aosta (Valle d’Aosta). Vale de Aosta é a menor região italiana e também a menos populada. É uma região autônoma, com estatuto especial, e não é dividida em províncias, mas em 74 municípios.

A cidade de Aosta é a mais populada, e com exceção desta última, todas as outras são divididas em 8 comunidades de montanhas.

Por estar na fronteira com a França, o francês também é falado nessa região.

Mapa da Itália com todas as regiões. Piemonte

O Piemonte é dividido em oito províncias: Alessandria, Asti, Biella, Cuneo, Novara, Turim, Verbano-Cusio-Ossola e Vercelli. Essa região é a segunda maior em termos de superfície, depois da Sicília.

A cidade de Turim, na província homônima, é a capital do Piemonte.

Nordeste da Itália

Mapa da Itália com todas as regiões. Nordeste italiano

O nordeste da Itália, banhado pelo Mar Adriático, é formado por quatro regiões: Emília-Romanha, Friuli-Veneza Júlia (Friul-Venezia Giulia), Trentino-Alto Ádige e Vêneto.

Você pode ver no mapa acima que a República de San Marino está situada entre a Emília-Romanha e Marche (região no centro da Itália).

Mapa da Itália com todas as regiões. Emilia-Romagna

A Emília-Romanha (Emilia-Romagna) é formada por duas regiões históricas: Emília, com as províncias de Piacenza, Parma, Reggio Emilia, Modena, Ferrara e uma grande parte da província de Bolonha; e a Romanha, com alguns municípios da província de Bolonha e as províncias de Ravena (Ravenna), Forlì-Cesena e Rimini.

Bolonha é a capital da Emília-Romanha, além de ser considerada o ponto-chave de cruzamento entre os trens que chegam/saem do norte e do sul da Itália.

Mapa da Itália com todas as regiões. Friuli-Venezia Giulia

Friuli-Veneza Júlia, região administrada por um estato especial, é constituída por quatro províncias: Gorizia, Pordenone, Trieste (capital da região) e Údine.

Mapa da Itália com todas as regiões. Trentino-Alto Ádige

Trentino-Alto Ádige é também uma região de estatuto especial composta pelas províncias de Trento e de Bolzano, essas também administradas por um estatuto autônomo.

As regiões de Trentino-Alto Ádige, Friuli-Veneza Júlia e Vêneto formam a macrorregião chamada de Triveneto ou Três Venezas.

Mapa da Itália com todas as regiões. Vêneto

O Vêneto é formado pelas seguintes províncias: Belluno, Pádua, Rovigo, Treviso, Veneza (capital da região), Verona e Vicenza.

Centro da Itália

Mapa da Itália com todas as regiões. Centro da Itália

O centro da Itália é constituído pelas regiões Marche, Toscana, Úmbria, Lácio e Abruzo (Abruzzo). No lado leste, a Itália Central é banhada pelo Mar Adriático (Marche e Abruzzo), e no lado oeste, pelo Mar Tirreno (Toscana e Lácio).

Mapa da Itália com todas as regiões. MarcheA região Marche, banhada pelo Mar Adriático, é composta pelas seguintes províncias: Pesaro-Urbino, Ancona (capital da região), Macerata, Fermo e Ascoli Piceno.

Do Porto de Ancona, um dos mais importantes da Itália, saem embarcações turísticas para a Croácia, Montenegro e Grécia.

Entre as regiões Marche e Úmbria estão localizados os Montes Sibilinos.


Em Pesaro, não deixe de visitar a estupenda Villa Imperial.


Mapa da Itália com todas as regiões. Umbria

A Úmbria tem duas províncias: Perugia (capital da região) e Terni. É a única região central italiana a não ser banhada pelo mar.

É nessa região onde estão situadas as cidades turísticas de Assis, Spoleto, Orvieto, etc. Se você gosta de cidade medieval, então descubra mais sobre a cidade de Gubbio.

Se estiver na província de Perugia, visite também o burgo de Deruta, um dos mais bonitos da Itália.

Mapa da Itália com todas as regiões. Abruzo (Abruzzo)

O Abruzo (Abruzzo), banhado pelo Mar Adriático, tem as seguintes províncias: Teramo, Pescara, Chieti e Áquila (capital da região).

O Gran Sasso, ou Gran Sasso d’Italia, é o maciço mais alto do país, e está localizado próprio nessa região.

Mapa da Itália com todas as regiões. Lácio (Lazio)

O Lácio, banhado pelo Mar Tirreno,  é composto pelas seguintes províncias: Viterbo, Rieti, Roma (capital da região), Frosinone e Latina.

É na província de Roma, a mais populosa da Itália, onde se encontra o Estado da Cidade do Vaticano.

Mapa da Itália com todas as regiões. Toscana

A Toscana, banhada pelo Mar Tirreno, tem as seguintes províncias: Massa e Carrara, Lucca, Pistoia, Prato, Florença (capital da região), Pisa, Livorno, Siena, Grosseto e Arezzo.

A região tem um arquipélago (arquipélago toscano) que é constituído por sete ilhas grandes – Elba, Giglio, Capraia, Montecristo, Pianosa, Gorgona e Giannutritrês ilhas pequenas – Palmaiola, Cerboli e Formiche di Grosseto – e outras ilhotas, além de recifes.

Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália

Sul da Itália

Mapa da Itália com todas as regiões. Sul da Itália

O sul da Itália, banhado pelo Mar Adriático, Mar Jônico e Mar Tirreno, é formado pelas seguintes regiões: Campânia, Basilicata, Apúlia (Puglia), Molise, Calábria, Sicília e Sardenha. Estas duas últimas formam a macrorregião chamada de Itália Insular, pois são as duas maiores ilhas do país.

Mapa da Itália com todas as regiões. BasilicataA Basilicata tem duas províncias: Matera e Potenza (capital da região). É banhada pelo Mar Tirreno, a  oeste, e pelo Mar Jônico, ao sul.

I Sassi di Matera” –  As Pedras de Matera – são Patrimônio UNESCO desde 1993. Essa cidade serviu de cenário para diversos filmes, dentre eles “A Paixão de Cristo”, de Mel Gibson.

Mapa da Itália com todas as regiões. Molise

A região Molise, banhada pelo Mar Adritático, tem duas províncias: Campobasso (capital da região) e Isernia.

Curiosidade: É sobre o Molise que passa o meridiano de referência para o fuso horário da Europa Central, mais precisamente na cidade de Termoli, o qual é conhecido como Meridiano de Termoli-Etna.

Mapa da Itália com todas as regiões. Campania

A Campânia, banhada pelo Mar Tirreno, é dividida em cinco províncias: Nápoles (capital da região), Caserta, Benevento, Avellino e Salerno.

Nápoles é a terceira cidade mais populosa depois de Roma e Milão. Se for a terras napolitanas ou a Salerno, não deixe de visitar:

 Costa Amalfitana;

Ilha de Capri;

Ruínas de Pompeia.

Mapa da Itália com todas as regiões. Calabria

A Calábria é dividida em cinco províncias: Cosenza, Crotone, Catanzaro (capital da região), Vibo Valentia e Reggio Calabria. É banhada pelo Mar Jônico, a leste, e pelo Mar Tirreno, a oeste.

Essa região é separada da Sicília pelo Estreito de Messina, cuja distância é de apenas 3,2 km entre as duas regiões.

Os famosos Bronzes de Riace, duas estátuas do século V a. C.,  de origem grega, estão expostos no Museu Arqueológico Nacional de Reggio Calabria.

 Mapa da Itália com todas as regiões. apúlia (Puglia)

A Apúlia (Puglia) é formada pelas seguintes províncias: Foggia, Barletta-Andria-Trani, Bari (capital da região), Taranto, Brindisi e Lecce. É banhada pelo Mar Adriático, a leste, e pelo Mar Jônico, ao sul.

É na Puglia que fica o Salento, uma região histórico-geográfica comumente conhecida como o Salto da Bota (a ponta mais ao sul do país), formado pelas províncias de Lecce, uma grande parte da província de Brindisi e um pouco da província de Taranto.


Essa é a região mais a oriente da Itália. Aproveite e leia minhas dicas da Puglia.


Mapa da Itália com todas as regiões. SicíliaA Sicília, região autônoma, tem as seguintes províncias: Trapani, Palermo, Agrigento, Caltanissetta, Enna, Ragusa, Siracusa, Catânia e Messina. É a maior ilha do Mar Mediterrâneo e a maior região em termos de superfície da Itália.

Essa região é banhada ao norte pelo Mar Tirreno, a leste, pelo Mar Jônico, e ao sul, pelo Mar da Sicília, o qual a separa da costa africana. É formada pelas ilhas de Ústica e de Pantelária (Pantelleria), além dos arquipélagos das Ilhas Eólias (Eolie), Ilhas Égadas (Egadi) e Ilhas Pelágias.

Mapa da Itália com todas as regiões. Sardenha

A Sardenha, região autônoma, é dividida em oito províncias: Sassari, Olbia-Tempio, Nuoro, Oristano, Cagliari (capital da região), Medio Campidano, Ogliastra e Carbonia-Iglesias.

Segunda maior ilha do Mediterrâneo, está bem próxima da ilha francesa Córsega: as Bocas de Bonifácio são o estreito que separa essas duas ilhas por apenas 11 km.

O mar sardo é ponto de encontro de iates de milionários de todo o mundo e, ultimamente, tem conquistado principalmente os magnatas russos e árabes.

 

Lojinha do Viagem na Itália


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer.

Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube.
Assine a nossa newsletter mensal.

Comentários

  1. Olá Maria! Me chamo Cintia e estou juntando os papéis para solicitar minha cidadania italiana. Visitei seu site e como vi que vc conhece muito bem a Itália, pensei que pode me ajudar com uma questão. Meu antepassado italiano nasceu em Banavigo, encontrei sua certidão de batismo no Comune de lá, mas não encontrei a de casamento neste Comune. Poderia me dizer quais são os comunes próximos a Bonavigo, para que eu possa procurar em outras regiões?
    Grata desde já e sucesso ao seu site! Bjs!

  2. Ana Maria Says: junho 16, 2017 at 9:54 am

    Muito bom encontrei várias explicações para minhas perguntas.grata.

  3. ROBERTO Lestinge Says: setembro 29, 2017 at 8:51 pm

    Boa tarde, sou cidadão italiano, já tenho passaporte há anos. Vou morar pela primeira vez na Itália em novembro, e gostaria de saber se você tem informação sobre o prazo mínimo de contrato de aluguel para servir como atestado de residência. Alguns dizem que 3 meses bastam, outros, um ano. Isso depende da Comune? Já busquei informação até no Ministério da Saúde italiano…nada…também aventaram a possibilidade de se ficar com amigos obter uma dichiarazione di ospitalitá. Há alguma regra clara sobre isso?

    Grazie,
    Roberto

    • Bom dia, Roberto,

      Infelizmente não posso responder a sua dúvida porque não tenho nenhum conhecimento sobre esse argumento…

      Aconselho-o a procurar um blogue/site/fórum especializado no assunto.

      Tenha um ótimo fim de semana,

      Maria

  4. Olá gostei do site, vi algumas informações interessantes sobre as regiões da Itália e como imagino que é pequena, em poucos dias, acredito, se viaja de sul a norte ou leste oeste. Grato.

    • Bom dia, Servio,

      Sim, a Itália é pequena se comparada ao Brasil, porém, mesmo com as suas distâncias curtas, não vale a pena fazer tudo correndo, pois há muita coisa para se ver de norte a sul do país!

      Obrigada por gostar das dicas do blogue,

      Maria

  5. Olá, a questão não é a distância, mas a quantidades de coisas para ver. Se eu fosse você selecionaria uma região por interesses, dependendo da estação. Há roteiros gastronômicos, etílicos, arquitetônicos etc.

  6. Claudia Pascoal Says: outubro 17, 2017 at 9:43 pm

    Boa tarde Maria! Moro no Brasil e estou pensando em propôr para meu marido umas férias de janeiro com nossos filhos (12 e 17 anos) na Itália. Nós já conhecemos algumas regiões maravilhosas daí (Roma, Vaticano, Firenze, Milão, Pompéi, Costa Malfitana, Capri, Ana Capri e outras, mas nossos filhos conhecem apenas Firenze onde tenho uma sobrinha que mora e trabalha. Meu marido trabalha para várias empresas estrangeiras no Brasil e uma delas é italiana. Eu queria uma sugestão sua de roteiro para fazermos com as crianças saindo de Milão e passando por Roma (onde quero muito que eles conheçam). O que você me sugere para esta época do ano (inverno na Europa) que possamos fazer e nos apaixonarmos ainda mais pela Itália? Duração da viagem de aproximadamente 20 dias.
    Obrigada!
    Claudia Pascoal

    • Bom dia, Claudia,

      Eu não tenho roteiros prontos no blogue, somente dicas do que fazer em cada cidade/ região.

      Se quiser, pode consultá-las assim:

      Norte da Itália: viagemitalia.com/tag/norte-da-italia
      Centro da Itália: viagemitalia.com/tag/centro-da-italia

      Já se preferir um roteiro personalizado, o Lorenzo elabora itinerários sob medida: viagemitalia.com/roteiros-personalizados

      Boa quinta-feira ☺

      Maria

  7. Maria boa tarde,
    ADorei suas dicas.
    Vou para a Itália em dezembro com meu marido e filha de 14 anos, vamos para Toscana, Roma e depois passando por Assis, vamos para o norte onde vamos conhecer Veneza, Verona e outras cidades próximas, e ir embora por Milão…
    Você tem alguma dica de onde ficar no norte, cidade menores não as maiores, preços mais acessíveis e bem perto para bate e voltas dessas cidades citadas. Agradeço antecipadamente, obrigado. Silvia nunes

    • Boa tarde, Silvia,

      Não conheço nenhuma cidade pequena no norte da Itália que sirva como cidade-base para bate-volta 🙁

      O que posso sugerir, se forem usar o trem, é de dormir em Bolonha porque oferece vários trens diários para Pádua, Veneza, Verona, Ferrara, Mântua, Bérgamo, etc., além de ter uma oferta bem ampla de hotéis para todos os orçamentos.

      De qualquer forma, obrigada pelo seu comentário e façam uma excelente viagem.

      Maria

Deixe seu comentário ☺

error: