Domus dos Mosaicos Geométricos: a maior casa de Pompeia é reaberta ao público


Arqueologia romana

Quando visitei as ruínas da Antiga Pompeia, em 2010, muitos edifícios desse sítio arqueológico estavam fechados e alguns, nem sequer, passavam por alguma obra de restauração.

Mas após a Unesco, há alguns anos, ter ameaçado inserir Pompeia na lista negra dos Patrimônios Unesco em risco, o governo italiano acordou para o problema do degrado de um dos monumentos mais importantes do mundo e resolveu investir dinheiro para proteger um bem arqueológico que, justamente, pertence à humanidade.

Assim, desde 2015 muitos espaços de Pompeia têm sido reabertos ao público e, os mais recentes, foram os três Edifícios Civis e a enorme Casa dos Mosaicos Geométricos (Domus dei Mosaici Geometrici, em italiano) para alegria dos milhares de turistas que visitam as ruínas da antiga cidade do Império Romano que foi sepultada pelo Vesúvio em 79 d.C.

A maior casa de Pompeia: Domus dos Mosaicos Geométricos

Conhecida desde a primeira metade do século XIX e exposta completamente nas primeiras décadas do século XX, a Casa dos Mosaicos Geométricos apresenta-se na sua última fase de vida como um enorme complexo, com mais de 60 ambientes articulados em terraços e com um panorama sobre o Vale do Sarno.

O conjunto arquitetônico nasce da fusão de algumas domus originariamente diferentes, com entrada pela Via delle Scruole, ligado por um grandioso jardim com pórticos no andar térreo e por corredores, rampas e escadas nos pisos inferiores.

Pavimentos dos Mosaicos Geométricos

Pesquisas arqueológicas feitas a partir dos anos trinta do século passado até as amostras estratigráficas levantadas durante do restauro, apenas concluído, documentam as várias fases de construção dessas estruturas, cuja primeira instalação remonta ao século II a.C.

O nome tradicional da casa, domus dos Pavimentos de Mosaicos ou dos Mosaicos Geométricos, deve-se à grande quantidade de mosaicos conservados, seja monocromos brancos, seja com decoração geométrica branca com fundo preto ou preto com fundo branco, como os decorados no átrio.

Domus dos Mosaicos Geométricos, Pompeia, Itália

Detalhe de um dos mosaicos. Foto: Sito di Pompei.

Ao lado dos mosaicos, pertencentes ao último período de vida da casa, há também vários pavimentos de arenito branco e, sobretudo, de Opus signinum, datados de uma fase mais antiga.

Edifícios municipais

As três grandes salas com abside e abertas no pórtico meridional do Foro, constituem a sede dos duúnviros, os principais magistrados (edifício oriental VIII 2, 10), a Cúria, a sede do senado local (edifício central VIII 2, 8) e o Tabularium, o arquivo dos documentos públicos (edifício ocidental VIII 2, 6).

A importância dessas estruturas, destinadas ao desenvolvimento das funções fundamentais da vida pública urbana, destaca-se, além da posição próxima ao Fórum Civil e pelas dimensões, pelo precioso revestimento de pavimentos e paredes de lastro de mármore, particularmente muito bem conservadas no Tabularium.

Casas de Championnet: abertura em breve

Com o trabalho de restauração, ilumina-se a história mais antiga desse importante setor da cidade, a partir do século VI a.C., época de datação do edifício, onde foram reconhecidos pelo menos três ambientes usados também para trabalhos artesanais.

Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália

A construção arcaica resulta abandonada provavelmente no curso do século IV a.C. Outros acontecimentos conferem a dois poços sua importância para ateliês de artesãos, como já conhecido no lado ocidental do Fórum, em uso até a metade do século II a.C., quando foram fechados e a área foi destinada a outras atividades.

Em breve, é previsto o término das obras e a abertura ao público das duas casas de Championnet, sendo uma delas ligada, em 79 d.C., à Casa dos Mosaicos Geométricos.


Leia minhas dicas de Nápoles, Costa Amalfitana e Capri.



Como chegar a Pompeia, Nápoles, Itália

De trem: Na estação de Nápoles Central, pegue o trem da linha Circumvesuviana que faz o percurso Nápoles-Sorrento e desça na estação de Pompeia – Villa dei Misteri.

Se você estiver na Costa Amalfitana, vá até Sorrento, pegue o trem da Circumvesuviana para Nápoles e desça na estação de Pompeia – Villa dei Misteri.

De carro: Alugue seu carro com o nosso parceiro RENTALCARS.

Traslado particular: Serviço de traslado entre Nápoles e Pompeia com nosso parceiro VIATOR.


 Ingressos e horário de abertura do sítio arqueológico de Pompeia, Itália


De 1º de abril a 31 de outubro: das 9h às 19h30 (última entrada às 18 h). Todos os dias.

De 1º de novembro a 31 de março: das 8h30 às 17 h. Todos os dias.

Fechado: 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.

 Ingresso

11 euros (inteiro). Para visitar Pompeia em 1 dia.

11 euros (inteiro). Para visitar Herculano em 1 dia.

20 euros (inteiro). Para visitar Pompeia, Herculano, Oplonti, Stabia e Boscoreale em 3 dias consecutivos.

Gratuito: Menores de 18 anos, deficientes físicos com um acompanhante,

 Todos os primeiros domingos de cada mês: entrada gratuita em Pompeia.

Consulte o site oficial de Pompeia (italiano).

Lojinha de Nápoles


*Fonte: Site de Pompei.org.

**Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer. Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a nossa newsletter mensal.

Comentários

  1. Amei!

  2. […] da reabertura da Casa dos Mosaicos, em Pompeia, também foi reaberta recentemente, após 12 anos fechada,  a Casa dos Vettii (Casa […]

Deixe seu comentário ☺

error: