Domus Romanas do Palácio Valentini em Roma


Arqueologia romana / Dicas de Roma, Vaticano e arredores

Há algum tempo, conheci as Domus Romanas do Palácio Valentini no centro histórico de Roma. A minha visita a esse sítio arqueológico deu-se ao fato de tal percurso ser totalmente multimídia, isto é, visitamos as antigas casas romanas guiados por projeções audiovisuais que reconstroem seus cômodos como eram antigamente.

Posso dizer que tal experiência é mais enriquecedora por podermos ver construções da antiguidade com cores, pisos, estátuas, etc. daquela época longínqua, além de escutarmos as explicações históricas por meio do sistema de áudio espalhado pelo sítio arqueológico.

A visita multimídia foi realizada pela equipe dirigida pelos estudiosos Piero Angela, Gaetano Capasso e Paco Lanciano.

Domus Romanas do Palácio Valentini em Roma. Uma visita multimídia


Dicas de Roma. Domus romanas

Mosaico de um dos pavimentos das casas romanas. Foto: Palazzo Valentini.

Informações sobre as Domus Romanas do Palácio Valentini

Após anos de escavações nos subterrâneos do Palácio Valentini, maravilhas arqueológicas foram descobertas: escondidos nos fundamentos de um palácio histórico da nobreza romana, salões, escadas, termas, pinturas, pavimentos e mosaicos de antigas moradias da cidade imperial vieram à luz. São vários períodos históricos que nos contam estilos e culturas bem profundos de Roma e da sua trajetória milenar.

Nesta visita, vemos “renascer” estruturas de muros, cômodos, pátios, cozinhas, termas, decorações e móveis, tudo isso através de uma viagem virtual dentro de uma grande Domus da Roma Antiga. Nos subterrâneos que dão para a Coluna de Trajano, podemos contemplar os restos de um monumental edifício público ou sacro.

Dicas de Roma. Domus romanas

Entrada das Domus Romanas.

Curiosidade: É neste sítio arqueológico que podemos apreciar os maiores fustes de colunas monolíticas, de granito cinza egípcio, realizados na antiguidade romana!

Durante a visita, também vemos por meio de uma montagem a área da Coluna de Trajano como se apresentava na época da sua construção.

Domus romanas do Palácio Valentini em Roma

Visitantes admirando uma reconstrução por imagens das casas romanas. Foto: Palazzo Valentini.

Sobre o Palácio Valentini

É a sede da província de Roma desde 1873 e foi construído a partir de 1585 sob encomenda do cardeal Michele Bonelli, sobrinho do Papa Pio V. No século XVII, foi reestruturado e ampliado, e, posteriormente, parcialmente demolido e reconstruído para seu novo proprietário, o cardeal Renato Imperiali, o qual criou a importante biblioteca de família neste palácio (a biblioteca “Imperial”), composta por cerca de 24.000  volumes.

Vários personagens da história passaram por aqui e, chegando ao ano de 1827, o banqueiro e cônsul-geral prussiano Vincenzo Valentini comprou o palácio, onde estabeleceu a sua casa e deu-lhe o seu nome.

Dicas de Roma. Domus romanas

Um dos ambientes das Domus Romanas decorado por imagens. Foto: Palazzo Valentini.

Se você se interessa por arqueologia e vai a Roma, a visita multimídia pelas Domus Romanas do Palácio Valentini é um ótimo passeio!

Dicas de Roma. Domus romanas

Antes de entrar nas Domus Romanas do Palácio Valentini.


Leia minhas outras dicas de Roma, Vaticano e arredores.


Informações sobre como visitar as Domus Romanas do Palácio Valentini em Roma

Via IV Novembre, 119/ A. Fica perto da Praça Veneza (Piazza Venezia).

Horários: Todos os dias, das 9h30 às 18h30. Fechado às terças-feiras, 25 de dezembro, 1º de janeiro e 1º de maio. Por motivos de segurança, as entradas são limitadas.

 Entrada: 12 euros.

Importante! Os ingressos só são vendidos na bilheteria do Palácio Valentini para visitas no mesmo dia e segundo a disponibilidade dos lugares.

Você também pode comprar os ingressos on-line aqui.

Para mais informações, consulte diretamente o site de Palazzo Valentini (italiano e inglês).

Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália


Dicas de viagem e turismo em Roma e Vaticano. Serviços turísticos no Vaticano, Roma e arredores


* Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer. Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a newsletter mensal.

Deixe seu comentário ☺

error: