Dicas de Modena: Catedral, Praça e Torre Ghirlandina, Patrimônio Unesco


Dicas de Bolonha e arredores

Já conhecia Modena (Módena, em português), região Emília-Romanha, desde 2012, ano em que fiz um trabalho na cidade e também quando fui ao show de um dos meus grupos de rock preferidos, Simple Minds, próprio em meio à sua famosíssima Piazza Grande.

Em outubro de 2015*, voltei ao centro histórico modenese para visitar com um audioguia os seus três monumentos mais famosos: Catedral, Piazza e Torre Ghirlandina. Certo é que essas três atrações são apenas uma pequena parte de todo o patrimônio artístico e cultural da cidade, as quais devem, sem sombras de dúvidas, ser visitadas por todos aqueles que vão a Modena.

Dicas de Modena: Catedral, Piazza Grande e Torre Ghirlandina, Patrimônio Unesco


Dicas de Modena: Torre Ghirlandina

Vista da Torre Ghirlandina. Infelizmente não pude subir a torre porque era uma segunda-feira, dia de seu fechamento.

Capital da arte românica, o conjunto monumental de Modena  – Piazza Grande, Torre Ghirlandina e Catedral – foi inserido no Patrimônio da Humanidade pela Unesco por serem obras-primas do cristianismo medieval que representam um testemunho único da tradição artístico-cultural do século XII.

História

Modena viveu a sua fase de maior importância durante a dominação da célebre família Estense, que a governou de 1288 a 1796. A partir de 1598, quando o Duque Cesare d’Este transferiu de Ferrara para Modena a capital do seu ducado, esta última se transformou  na “cidade estense” por antonomásia. Foi, portanto, um ponto de referência do Ducado d’Este no centro dos acontecimentos políticos nacionais e os seus monumentos refletem a peculiaridade da tradição cultural italiana.

Dicas de Modena: Duomo (Catedral)

Interior e fachada anterior da Catedral de Modena.

Arquitetura

Sede de muitos tesouros e núcleo central do tecido urbano é a quadrangular Piazza Grande, a qual chegou até os dias atuais em perfeito estado de conservação. Aqui estão todos os edifícios do poder cívico e religioso.

Sempre na Praça Grande, em 1099, foi fundado o famoso Duomo (a catedral metropolitana de Santa Maria Assunta e San Geminiano), um dos maiores exemplos de arte românica italiana. As obras de construção foram muito elaboradas e somente no início do século XIII foi alargada a cripta, elevado o coro e o teto foi ampliado.

São várias as alegorias que representam cenas da Bíblia, presentes nas obras esculturais da fachada e no interior da catedral.

No início do século XII, o Duomo de Modena foi, na verdade, um dos principais lugares de formação de uma nova linguagem figurativa, destinado a influenciar o desenvolvimento do Românico na Pianura Padana, enquanto o seu conjunto escutural representa um observatório privilegiado para entender o contexto cultural que acompanhou o renascimento da cultura monumental em âmbito europeu.

O reconhecimento da Unesco é um elogio à atividade conjunta do arquiteto Lanfranco e do escultor Wiligelmo, artífices do Duomo. Essas duas personalidades da época adotaram soluções estilísticas que influenciaram por um grande período o românico padano.

Piazza Grande, Modena, Emilia-Romagna

Piazza Grande.

A Torre Cívica (ou Ghirlandina)

O perfil da cidade é também caracterizado pela Torre Cívica (conhecida como Ghirlandina), que teve a dupla função de torre religiosa e de torre de defesa e avistamento. É alta 88 metros e é ligada ao duomo por dois arcos. Foi elevada em dois períodos diferentes e realizada definitivamente no início do século XIV: primeiro, as 6 ordens inferiores, depois o tambor octogonal e a cúspide. Quem realizou essa extraordinária obra foi Arrigo da Campione, que ali trabalhou a partir de 1261.

Duomo de Modena.

Por dentro do Duomo de Modena.


 Horários do Duomo de Modena


A Catedral de Modena é aberta de terça a domingo, das 7 h às 19 h.

Segunda-feira: 7 h às 12h30 e das 15h30 às 19 h.

As visitas na catedral não são consentidas durante a celebração das missas.

Museus do Duomo

Terça a domingo: 9h30 às 12h30 e das 15h30 às 18h30.

Fechado às segundas-feiras e Domingo de Páscoa.

Ingresso único nos Museus do Duomo: 4 euros (inteiro) e 3 euros (reduzido)

Ingresso único dos Sítios Unesco de Modena (Musei del Duomo, Torre Ghirlandina, Acetaia Comunale, Sale storiche del Palazzo Comunale): 6 euros.

Modena - Unesco 9

A Torre Ghirlandina é ligada à catedral por meio de dois arcos.


Horários da Torre Ghirlandina


01/04 a 30/09: aberta de terça a sexta, 9.30 – 13.00 / 15.00 – 19.00; sábado, domingo e feriado: 9.30 – 19.00.

01/10 a 31/03: aberta de terça a sexta, 9.30-13.00 / 14.30-17.30; sábado, domingo e feriado: 9.30 – 17.30.

Fechada no Domingo de Páscoa, 25 de dezembro e 1º de janeiro. A bilheteria fecha meia hora antes do horário de fechamento acima indicado.

Ingresso: 3 euros

Reduzido: 2 euros (crianças e estudantes de 6 a 26 anos, idosos acima de 65 anos).

Grátis para crianças até 5 anos e deficientes físicos e seus acompanhantes.

Ingresso único dos Sítios Unesco de Modena (Musei del Duomo, Torre Ghirlandina, Acetaia Comunale, Sale storiche del Palazzo Comunale): 6 euros.

 IAT ( Informazione e Accoglienza Turistica) – Ponto de informações turísticas

Endereço: Piazza Grande, 14.

Segunda-feira: 14h30 às 18 h.

Terça a sábado: 9 h às 13h30 e das 14h30 às 18 h

Domingo: 9h30 às 13h30 e das 14h30 às 18 h.

Aluguel de audioguia em italiano, inglês, francês, alemão e espanhol que ilustram o Duomo, Ghirlandina e Piazza Grande, além das salas históricas do Palazzo Comunale e os Museus do Duomo.

Preço: 4 euros. Dois audioguias pelo preço especial de 6 euros.

Centro histórico de Modena

Detalhes da fachada externa da Catedral e a Torre Ghirlandina.



Leia também:

Casa-museu de Luciano Pavarotti, Modena

  Dicas da Emília-Romanha


Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália.

Lojinha de Bolonha


*Visitei a Catedral, Piazza Grande e vi externamente a Torre Ghirlandina com um audioguia em italiano como cortesia do Discover Ferrari & Pavarotti Land em outubro de 2015.

**Referências bibliográficas

Turismo Italiano

Visit Modena

*** Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer.

Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a newsletter mensal.

Comments

  1. […] por duas regiões históricas: Emília, com as províncias de Piacenza, Parma, Reggio Emilia, Modena, Ferrara e uma grande parte da província de Bolonha; e a Romanha, com alguns municípios da […]

  2. […] Modena – 39,8 km – cerca de 40 minutos […]

  3. […] Modena: Catedral, Torre Cívica e Praça Grande […]

Deixe seu comentário ☺

error: