🏞️ Dicas de Cinque Terre, Itália, Patrimônio UNESCO na Ligúria


Turismo na Itália

Cinque Terre, Patrimônio UNESCO desde 1997 na costa da Ligúria, é formada por cinco vilarejos – Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso – e é uma das principais atrações turísticas dessa região no norte da Itália.

Guia brasileira na Itália. Maria Arruda

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Cor da água esmeralda em Manarola, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, na Itália: Patrimônio UNESCO


A primeira vez que visitei Cinque Terre, em outubro de 2008, pude fazer a famosa Via do Amor (Via dell’Amore), a qual liga Riomaggiore a Manarola e é o melhor modo para iniciar um percurso de descoberta dos cinco vilarejos de Cinque Terre, com direito à vista do Mar Lígure e da vegetação do alto das montanhas.

Via dell’Amore atualmente fechada

Porém, em 2012, por um deslizamento de terra, a Via do Amor foi interditada e permanece fechada até hoje. Ainda não há previsão para a sua reabertura…

A Via dell’Amore faz parte da Trilha Azul (Sentiero Azzurro), a qual tem 12 km de extensão e liga os cinco vilarejos de Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Manarola, Cinque Terre, Ligúria.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

A escadaria (382 degraus), chamada de Lardarina, que leva até o alto de Corniglia.


Mapa de Cinque Terre: Trilha Azul (Sentiero Azzurro)

Levanto, cidade-base perto do vilarejo de Monterosso

A Via do Amor é a trilha mais curta de Cinque Terre, com uma extensão de 900 m. O tempo de caminhada é de 15 a 30 minutos. Como escrevi acima, ainda não há previsão para a sua reabertura.

Em 2008, fiquei hospedada na cidade de Levanto, perto do vilarejo de Monterosso, um lugar estratégico para conhecer Cinque Terre, Portofino, Portovenere, etc. por ter uma estação ferroviária.

No dia em que fizemos a Via do Amor, pegamos (eu e meu marido) o trem que faz a linha Gênova – La Spezia (direção norte) e descemos em Riomaggiore, onde iniciamos a trilha.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Vernazza, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Visão de Manarola a partir de Corniglia.

A viagem de trem entre Levanto e Monterosso (primeiro vilarejo em direção norte) dura 6 minutos, enquanto de Levanto a Riomaggiore (último vilarejo em direção norte) dura 20 minutos.

Lerici, cidade-base para explorar Cinque Terre

Já na segunda vez que fui a Cinque Terre, em 2015, sempre no mês de outubro, optei por ficar no Albergo Serena, município de Lerici, província de La Spezia. Fomos de carro até La Spezia e depois pegamos o trem da linha Gênova – La Spezia (direção sul) e descemos no vilarejo de Riomaggiore, como fiz em 2008.

A viagem de trem entre La Spezia e Riomaggiore (primeiro vilarejo em direção sul) dura 7 minutos, enquanto de La Spezia a Monterosso (último vilarejo em direção sul) dura 21 minutos.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Manarola, Cinque Terre.


Mapa de Cinque Terre: Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso

Mapa de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Parque Nacional de Cinque Terre

Riomaggiore, Vernazza e Monterosso fazem parte do Parque Nacional de Cinque Terre.

Até o fechamento da Via do Amor, em 2012, era bem fácil a caminhada entre Riomaggiore e Manarola, pois a trilha é plana, sem nenhum obstáculo.

Já com o percurso atualmente fechado, tive que pegar o trem de Riomaggiote até Manarola. Porém, a viagem é tão rápida que não dá nem tempo de sentar porque já está na hora de descer: dura incríveis 2 minutos!

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Vernazza, Cinque Terre, Ligúria, Itália.

Sentiero Azzurro

Já de Manarola até Corniglia, a trilha ainda não é tão cansativa, porém há uma escadaria (382 degraus) que requer um pouco de esforço físico para chegar até o centro histórico de Corniglia, o qual fica bem no alto.

Tanto na primeira quanto na segunda vez, optei sempre por encarar a escadaria, pois o panorama recompensa!

Essa trilha é a segunda etapa do Sentiero Azzurro e tem 2 km de extensão. A caminhada dura entre 40 e 60 minutos e, assim como a Via do Amor, a previsão para a sua reabertura é somente para 2018.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Estação de Manarola, Cinque Terre.

Se aguentar, suba até Corniglia a pé

De trem entre Manarola e Corniglia, a viagem é também vap-vupt (3 minutos). Se você não quiser encarar os 382 degraus da Lardarina para ir até lá em cima, ao lado da estação ferroviária de Corniglia existe uma linha de ônibus que leva até o seu centro histórico (5 minutos de viagem). O ônibus sempre sai depois da chegada do trem.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Centro histórico de Corniglia, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Riomaggiore, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

O sol em pleno mês de outubo, período em que ainda dá para dar uns mergulhos em Cinque Terre.

Trilha entre Corniglia e Vernazza

De Corniglia até Vernazza, a caminhada pela trilha dura um pouco mais e há mais escadas a serem encaradas. Ao chegar a Vernazza, uma pausa mais longa é quase obrigatória, pois os joelhos já começam a sentir a fadiga. Já de trem, a viagem dura apenas 4 minutos.

Essa trilha foi reaberta em junho de 2015. É mais alta que as duas anteriores e tem 3.2 km de extensão. A caminhada dura de 70 a 100 minutos e a visão lá do alto é espetacular: dá para ver a Riviera delle Cinque Terre, Corniglia e o vilarejo de San Bernardino.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Estação de trem de Riomaggiore, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Visão de Manarola a partir de Corniglia.

Trilha entre Vernazza e Monterosso: a mais cansativa

A trilha mais difícil é a entre Vernazza e Monterosso (reaberta em abril de 2014). Em 2008, eu caminhei de Riomaggiore a Vernazza, porém, com o cansaço e a dor nos joelhos, não consegui encarar o resto da trilha até Monterosso, que dura cerca de uma hora e meia. Essa trilha tem 3.3 km de extensão.

De Vernazza a Monterosso de trem a viagem dura também só 3 minutos.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Monterosso, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Visão do alto de Manarola, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Visão de Vernazza quando fiz a trilha em 2008.

Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália


Como chegar a Cinque Terre, Itália

 De trem: Desde 1º de abril de 2017, para viajar nos trens regionais que param nos cinco vilarejos de Cinque Terre (entre as estações de Levanto e La Spezia), será necessário comprar a passagem do 5 Terre Express, que pode ser adquirida no site de Trenitalia ou nos guichês da companhia.

Preços da passagem de trem 5 Terre Express:

4€ – adultos

2€ – crianças de 4 a 12 anos incompletos.

Não esqueça de validar a sua passagem antes de subir no trem! Eu mesma presenciei um fiscal que multou um casal de turistas que viajavam sem ter validado a passagem.

A passagem 5 Terre Express deve ser usada em até 75 minutos após a sua validação, sem paradas intermediárias e consente uma só viagem entre os vilarejos.

Exemplo: de La Spezia a Riomaggiore: 4 euros. De Manarola a Corniglia: 4 euros. E assim por diante.


De carro: Se você optar pelo CARRO para visitar Cinque Terre, saiba que terá de deixá-estacionado em alguma cidade próxima, como em Levanto ou La Spezia. Estacionar em Riomaggiore e Monterosso não é nada fácil, principalmente na alta temporada, além dos preços nada camaradas dos estacionamentos.

Os centros históricos dos vilarejos são fechados ao trânsito.


De avião: Os aeroportos mais próximos de Cinque Terre são o “Cristoforo Colombo” de Gênova (112 km) e o “Galileo Galilei” de Pisa (84 km). Confira esta lista dos aeroportos italianos.


De barco: Se preferir conhecer Cinque Terre de barco, existe um serviço que faz a linha La Spezia – Cinque Terre, Levanto – Cinque Terre, Portovenere – Cinque Terre e Lerici – Cinque Terre.

Corniglia é o único dos cinco vilarejos ao qual não é possível chegar de barco.

Para consultar os horários e preços dos barcos, acesse o site da empresa Navigazione Golfo dei Poeti.

Site do Órgão Turístico de Cinque Terre (italiano, inglês, espanhol, alemão, francês).


Guia de turismo em português na Itália Em tour privado saindo de Florença: Para grupos de familiares e amigos que dormem em Florença (mínimo de 5 pessoas), há a opção de fazer um tour privado de 1 dia com acompanhante brasileira e motorista particular. Entre em contato por este formulário.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Riomaggiore, Cinque Terre.

Dicas de Cinque Terre, Ligúria, Itália

Vernazza, Cinque Terre.


Leia minhas outras dicas da Ligúria.


Dicas de hotéis perto de Cinque Terre: Levanto


Como escrevi no início desta postagem, em 2008 dormi na cidade de Levanto, que fica bem perto de Monterosso (clique nos pontos vermelhos do mapa para ver os hotéis).

Dicas de hotéis em Portovenere, Cinque Terre, Lerici ou La Spezia

Já em 2015, escolhi Lerici como cidade-base e dormi no Albergo Serena porque estava de carro e precisava de um hotel que oferecesse estacionamento.

Você também pode dormir em La Spezia, cidade que oferece várias linhas de trens para muitas cidades na Itália, em Portovenere ou em um dos cinco vilajeros de Cinque Terre:


 Hotéis em PORTOVENERE
Hotéis em RIOMAGGIORE
Hotéis em MANAROLA


Hotéis em CORNIGLIA
Hotéis em VERNAZZA
Hotéis em MONTEROSSO

Vídeo Italy’s Riviera – Cinque Terre

Tour privado de 1 dia com acompanhante brasileira e motorista saindo de Florença para Cinque Terre: ideal para grupos de familiares e amigos (mínimo de 5 pessoas). Entre em contato por este formulário.


*Esta postagem contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer. Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a newsletter mensal.

Comments

  1. […] primeira vez que visitei Cinque Terre, Portovenere, Portofino, Camogli e San Fruttuoso, escolhi Levanto como cidade-base pela comodidade […]

  2. […] A cidade de Gênova, na província homônima, é a capital da Ligúria e oferece muitas atrações para os turistas, seja na própria cidade, seja nos seus municípios. Tive o prazer de visitar o belíssimo burgo de Portovenere, o de Portofino e a Abadia de San Fruttuoso di Capodimonte. Na província de La Spezia é onde está localizado o conjunto dos cinco vilarejos que formam Cinque Terre. […]

  3. […] 14º: Vernazza, Ligúria. Leia minha dicas de Cinque Terre. […]

  4. […] cinco vilarejos que formam Cinque Terre, Patrimônio UNESCO na região Ligúria, são muito visitados por turistas estadunidenses, […]

  5. […] Portovenere pela primeira vez em 2008,  após ter conhecido Cinque Terre e Portofino, e retornei a esse vilarejo lígure em setembro de 2015 para contemplar novamente as […]

  6. […] ter visitado Cinque Terrre e Portovenere na minha primeira vez nessa região, dediquei um dia para fazer essa trilha, a qual […]

  7. […] Cinque Terre e as Ilhas de Tino, Tinetto e […]

Deixe seu comentário ☺

error: