Farol da civilização ocidental: Abadia de Monte Cassino – Ora, labora et lege.


Dicas de Roma, Vaticano e arredores

Um passeio que aconselho para você que está de carro por Roma, mas também de trem (apesar de levar mais tempo), é a Abadia de Monte Cassino (Abbazia di Montecassino, em italiano), província de Frosinone, Lácio.

O motivo para você visitar esse mosteiro não é somente por ser um lugar sagrado, mas pela sua grande importância histórica: em Monte Cassino foi traçado o rumo da Segunda Guerra Mundial com a retirada do exército alemão e a sua avançada para a Linha Gótica, mais ao norte do Lácio.

Já tinha visto esse mosteiro de longe há alguns anos, quando passava pela rodovia ali perto, além de ter assistido a programas televisivos que relatam um dos momentos cruciais da Segunda Guerra Mundial justamente em Monte Cassino, lugar que delineou o rumo da história, e poder conhecer pessoalmente** o “Farol da civilização ocidental” foi uma grande alegria e satisfação para mim.

Mosteiro de Monte Cassino, Itália: um dos mais importantes do mundo

Abadia de Monte Cassino, Itália

Pátio interno do Mosteiro de Montecassino.

Em 529, São Bento escolheu essa montanha da região Lácio para construir um mosteiro que o teria hospedado juntamente com os monges que o seguiam desde Subiaco.

O paganismo era ainda presente naquela época, mas São Bento conseguiu transformar esse lugar em um mosteiro cristão bem estruturado onde cada um pudesse ter a dignidade que merecia por meio das orações e do trabalho.

No curso dos séculos, a abadia presenciou muitas vezes momentos de magnifências e de destruição, e sempre ressurgiu mais forte das suas próprias ruínas.

Em 577, os longobardos a destruíram e, em 887, foi a vez dos sarracenos. Em 1349, houve um terremoto terrível e em fevereiro de 1944 um bombardeio quase destruiu a abadia completamente.

Abadia de Monte Cassino, Itália

Abadia de Monte Cassino = Farol da civilização ocidental.

A Batalha de Montecassino em um dos mosteiros mais antigos da Itália

A Batalha de Monte Cassino foi uma das operações militares mais importantes da Segunda Guerra Mundial. Também conhecida como a Batalha por Roma, não se tratou somente de um combate, mas de uma série de ofensivas militares dos aliados contra os alemães, as quais começaram em 17 de janeiro e terminaram em maio de 1944.

Abadia de Monte Cassino, Itália

Freiras pela escadaria do mosteiro.

Montecassino teve um papel fundamental nessa batalha porque as fontes de inteligência dos países aliados não só suspeitavam que as unidades de artilharia alemã estivessem usando a abadia como um importantíssimo ponto de observação, mas também porque estava situada em uma posição estratégica útil para os aliados poderem avançar sobre o exército alemão e entrar em uma Roma pesantemente ocupada.

A perda de vidas humanas foi enorme nessa operação controversa: os aliados perderam 55.000 homens e cerca de 20.000 soldados alemães foram feridos ou mortos.

No cume da montanha, alta 520 metros, o mosteiro é visível facilmente até de longe, tornando-se um ponto de referência bem preciso da área.

Quero receber a newsletter mensal de Viagem na Itália

Abadia de Monte Cassino, Itália

Interior da basílica.

Ora, Labora et Lege” (“Ora, trabalha e lê“, tradução livre)

Esse é o lema da Ordem de São Bento que os monges ainda seguem na sua rotina cotidiana: alguns estudam na biblioteca circundados por livros antigos ou fazem pesquisas em manuscritos maravilhosos, enquanto outros acolhem os visitantes que ali chegam à procura de um momento de paz interior e serenidade.

E se você estiver visitando a Abadia de Monte Cassino poderá encontrar algum monge que passeia pelo convento antes de voltar para o seu momento de oração.

Mosteiro de Monte Cassino, Itália

No pátio central.

Diariamente, centenas de peregrinos e visitantes de todo o mundo visitam esse lugar sagrado e de grande importância histórica. Atravessam o convento e depois sobem a grande escadaria até a basílica, onde estão as tumbas de São Bento de Núrsia e de Santa Escolástica.

Há também a cripta, com seus magníficos mosaicos dourados. Mas é no museu que, no final da visita, os visitantes podem ver lindos quadros, magníficos manuscritos e livros antigos.

Também podem percorrer a história da abadia desde o seu início até os dias atuais e compreender por que Monte Cassino é conhecido como o “Farol da Civilização Ocidental”.


Leia minhas dicas de Roma, Vaticano e arredores.


 Como chegar à Abadia de Monte Cassino, província de Frosinone, Lácio (Lazio)


De carro: Viajando pela rodovia A1, a abadia é geralmente visível de longe e é fácil encontrar a saída para Cassino. Há várias placas que levam atéo pé da montanha (depois é necessário subir por 8 km). Aproveite para alugar um carro na Itália com nosso parceiro Rentalcars sem acréscimo e pelos melhores preços.

De trem: Cassino também é facilmente alcançável de trem a partir das principais cidades italianas. Um ônibus, que sai da estação ferroviária de Cassino, chega ao mosteiro às 10h20, 12h50 e às 16 h.

O ônibus sai do mosteiro às 10h30, 13 h e às 17 h.

Mosteiro de Monte Cassino, Itália

Visão da escadaria no pátio central da Abadia de Monte Cassino.

Horários de abertura do Mosteiro de Montecassino

Abertura ao público de segunda a domingo durante o ano todo. A entrada é gratuita.

Para visitas guiadas, consulte este link.

Não é permitida a entrada com roupas muito decotadas ou muito curtas.

21 de março a 1º de novembro: 8h30 às 19 h.

02 de novembro a 20 de março:

Dias úteis: 9 h às 17 h. Domingos e feriados: 8h45 às 17h30.

25 de dezembro e 1º de janeiro: 8:45-13:00; 15:30-17:30.

Horários das missas

Domingos e feriados: 9.00, 10.30 e 12.00.

A missa das 19h30 é em gregoriano e pode durar um pouco mais.

Museu da Abadia

21 de março a 1º de novembro: 8.30- 19.00.

2 de novembro a 20 de março: aberto somente aos domingos das 9 h às 17 h.

Ingresso individual: € 5,00

Ingresso reduzido (grupos com mais de 10 pessoas e jovens em idade escolar): € 3,00

Para famílias: € 4,00 (adultos) e € 2,00 (jovens).

Visite o site oficial da Abbazia di Montecassino.

Lojinha de Roma, Vaticano e arredores


*Referência bibliográfica: Site da Abbazia di Montecassino.

**Conheci o Mosteiro de Monte Cassino durante o blog tour #AmazingCiociaria organizado por #TBDI2015.

***Este texto contém links de parceiros afiliados. Saiba mais sobre a Política de Monetização do blogue.


VIAGEM NA ITÁLIA

Desde 2003, sou residente em Riccione, um balneário turístico na região Emília-Romanha. No fim de maio de 2013, decidi tirar da gaveta a ideia de escrever um blogue com dicas de viagem na Itália, divulgando, assim, o maravilhoso patrimônio artístico, cultural e paisagístico que só este país pode oferecer. Estou também no Facebook, Instagram, Twitter e YouTube. Assine a newsletter mensal.

Comments

  1. […] Roma, aproveite para fazer um bate-volta até a Abadia de Casamari combinando o passeio com o lindo Mosteiro de Monte Cassino, sempre na província de […]

  2. Ótimo post…
    Quanto tempo mais ou menos leva pra fazer a visita completa?

Deixe seu comentário ☺

error: